• 01
  • 02
  • 03
  • 04

Últimas notícias


Redes sociais nas empresas brasileiras

Coletamos informa√ß√Ķes e percep√ß√Ķes de 895 profissionais de comunica√ß√£o do Brasil e comparamos os resultados deste estudo √† edi√ß√£o de 2013 da mesma pesquisa. As principais conclus√Ķes:



1 - O Facebook segue disparado como a mais popular plataforma social entre as empresas, mantendo os 97% de penetração registrados na edição passada.



2 - A percep√ß√£o de import√Ęncia do Facebook permeia todos os perfis de empresa. LinkedIn tem relev√Ęncia especial nas empresas B2B; Instagram, nas B2C; e Twitter, nos √≥rg√£os p√ļblicos.



3 - Em dois anos, houve crescimento enorme de ado√ß√£o e de percep√ß√£o de import√Ęncia das plataformas de v√≠deo, como YouTube e Vimeo.



4 - Valoriza-se mais o conjunto de indicadores relevantes para a marca é como brand equity e geração de leads é, e não apenas o de métricas específicas de comunicação.



5 - 75% das empresas apresentam algum tipo de relat√≥rio de resultados de redes sociais. Entre as ag√™ncias, o percentual √© maior (91%) e entre √≥rg√£os p√ļblicos, menor (67%).



6 - O n√ļmero de empresas que investe em publicidade ou promo√ß√£o de conte√ļdo em redes sociais subiu de 41% para 49%.



7 - Ferramentas de disparo de e-mails, agendamento de posts e monitoramento de redes sociais s√£o as mais contratadas. Mailing de imprensa ocupa apenas o quarto lugar.

Fonte: http://inscricao.tracto.net.br/download.asp?download_id=14




Linkedin